Monday, December 3, 2012

O último "pumba na cueca!"

Se vos começar por contar que já estive aqui umas 5 ou 6 vezes para tentar escrever o que se anda a passar na minha vida, é a mais pura das verdades. Não sei por onde começar nem como organizar todos os meus pensamentos... É realmente confuso.

Estou simplesmente farta de cenas de gajas. Farta de mesquinhices, farta de mentiras, farta do diz-que-disse, farta de problemas no meu grupo de amigos, farta de pessoas que não abrem os olhos, farta de pessoas falsas, farta de pessoas hipócritas, farta... Os rapazes são tão mais fáceis (bem, ou talvez não)...
Como é possível haver alguém que desde que se juntou ao grupo só cria confusões e chatices? Como é possível alguém ser tão cínico ao ponto de num dia dizer uma coisa a x pessoa e no dia seguinte negar a essa mesma pessoa o que disse no dia anterior? Não me venham com a desculpa do "foi sem intenção", ou "não foi isso que quis dizer", ou ainda "percebes-te mal"...pelo amor da santa! Ninguém é estúpido aqui! Muito pelo contrário... Das duas uma, ou achas-te realmente muito esperta e pensas, sim, PENSAS, que enganas alguém com os teus joguinhos e que fazes toda a gente passar por lorpa, ou então tens mesmo um problema mental. Não venhas também com a história da vítima para cima de mim que isso também já não pega! A partir do momento que tens os problemas que tens e tu própria não cuidas de ti, não sou em que me vou preocupar com certeza, para além de que já o fiz e a minha preocupação foi muito mal recebida. Portanto, e sendo muito dura e fria, caguei para as tuas doenças e caguei para ti! Quando tiveres realmente consciência do teu estado e parares de fazer merda atrás de merda com a tua saúde aí sim, poderei começar a preocupar-me outra vez...e mentalmente também vais ter de mudar muito pois, sinceramente, eu não me dou nem quero dar com pessoas como tu.
Se estou a tomar as dores dos outros? Estou sim senhor! Já disse e repito, com os meus amigos não! Se lhes fazes mal a eles fazes-me mal a mim. E depois de tudo o que já se passou, claro que eu iria tomar as dores de quem quer que fosse deste grupo e estaria contra ti, isso é lógico. Se para ti não é, faz uma introspecção e vê toda a merda que andas-te a fazer desde que te conhecemos... Se não o conseguires volto a dizer, tens mesmo um problema mental muito grave... Aconselho-te então a andares sempre com um gravador atrás de ti...
Sim, pois desde a última conversa eu, pelo menos, não fiquei totalmente convencida e, pelos visto tinha razão, voltas-te a fazer merda. Mentiste na cara a toda a gente e continuas a fazê-lo... Para mim CHEGA! Acabou... Tiveste a tua chance, cometeste os teus erros (como todos nós já o fizemos obviamente, toda a gente erra) e não aprendes-te nada com isso... Foda-se, bate com a filha da puta da cabeça nas portas a ver se entra alguma coisa aí dentro!
Conseguiste tirar-me o meu braço direito, conseguiste apaga-lo completamente, uma pessoa cheia de vida e ainda com tanto para viver, tanta asneira para fazer e tanto por descobrir, fazendo dele um escravo ao teu serviço quando te estás supostamente a sentir mal, sim, pois essa também já não cola comigo. Conseguiste coloca-lo contra velhos amigos dele, conseguiste fazer dele uma pessoa vazia sem opinião própria e sem tomates para ir contra aquilo que tu dizes, principalmente quando é mentira... Não estou a dizer que ele não tenha culpa no cartório, porque no meu ver ele também a tem, mas isso já são outros 500 e sinceramente também me estou a cagar para a vossa relação/obsessão/whatever... Tenho é realmente pena de perder um grande amigo desta forma... E atenção, isto é o que EU acho. Se por ventura estiver errada que me mostrem o contrário, que venham falar comigo. Pois não fui eu que comecei a agir de maneira diferente (se vocês não vêm a merda que criam à vossa volta EU não tenho culpa, simplesmente vejo e não compactuo com isso pois ao contrário de uns e outros não sou nem consigo ser falsa, cínica e hipócrita)...logo eu estou em paz e serena no meu canto, se quiserem conversar, façam o favor de bater à minha porta.
Acho que nunca tinha havido stresses semelhantes no nosso grupo de amigos até TU chegares. Fizeste merda e nós demos-te uma chance, duas, três...o que é que foste fazer a seguir? Merda a dobrar... Muito bem, palmas para ti! O que é que ganhas em com isto? O que é que ganhas em dizer essa carrada de mentiras em quantidade industrial? O que é que ganhas em depois desmentires isso tudo quando TODA A GENTE sabe perfeitamente o que se passou e TODA A GENTE sabe perfeitamente que estás a mentir? O que é que ganhas em privar a pessoa que mais amas de estar com os seus amigos e daquilo que ele mais gosta de fazer? O que é que ganhas em te fazer de coitadinha pobre inocente que nunca faz mal a ninguém? O que é que ganhas em ser assim? Isto sinceramente anda-me a comer o caco pois eu não percebo como é que alguém pode ser assim...e, sinceramente, neste momento não acredito em uma única palavra que saia da tua boca...nem que me estejas a dizer a coisa mais banal do mundo, já não passa simplesmente.
Infelizmente tens os problemas que tens e lamento por isso. Lamento que, sendo verdade, não vás viver muita coisa daqui para a frente, mas nunca ouvis-te dizer "o que não tem remédio, remediado está"? Caramba! Aproveita a vida! Sê uma pessoa feliz, positiva, sai com um grupo de amigos, diverte-te, brinca, ri, chora, fala, grita, solta-te... Sê espiritual, sê crente em algo maior... Se natural e genuína! Aproveita enquanto ainda cá estas caramba e tira o melhor proveito disso... Caso contrário vais continuar a ser uma pessoa infeliz, amargurada, mentalmente perturbada e acredita, vais acabar sozinha...e isso é muito triste.

Agora sim, resumidamente e e por alto acho que consegui expressar tudo o que vai aqui nesta cabecinha sobre o presente assunto. Quero sinceramente esquecer isto tudo e que o grupo volte a ser o que era... Quero que tudo passe e parar de me passar eu com estas merdas (PS: Daí o título, sugerido pela Lu Carvalho :p).


Tenho dito.

2 comments:

Lu Carvalho said...

Incrivel (usando mesmo uma expressão de um interveniente!) Deste assunto já falamos mil e uma vez e claro que já conheces a minha semelhante opinião..... Kiiisssss e logo já posto o meu texto que nada tem a ver para o caso.... :D

Araúja Kodomo said...

Porra miúda, como as coisas vão por aí... :/
Só espero que consigam resolver essa situação, estou a torcer por ti/vocês! Good luck friend :)

Passa no meu blog dos produtos da Avon! E se quiseres alguma coisa contacta-me pelo blog, facebook ou pelo mail: marta.arauja@gmail.com

Beijinhos *
http://martaaraujoavon.blogspot.pt/2012/12/espumas-de-banho.html