Monday, December 21, 2015

iZombie


Pois é... É nisto que dá os anúncios da TV por cabo. Entre um canal e outro, aquele zapping básico, deparamo-nos com certas publicidades que nos despertam o interessa. Foi o que aconteceu com a série iZombie, "(...) adaptação da BD com o mesmo nome criada por Chris Roberson e Michael Allred.
Esta, conta a história de Liv Moore, uma médica residente e uma pessoa normal, que tinha uma família amorosa e feliz, um noivo muito carinhoso e adorava passar o tempo com seus amigos. Mas toda a sua vida foi por água abaixo numa festa, onde ela se transformou num zombie. Deixou o emprego no qual tinha uma carreira promissora, e começou a trabalhar no necrotério Seattle PD, não só para satisfazer seu desejo por cérebros, mas para ajudar o Departamento de Polícia a solucionar crimes como consultora "psíquica". Com a ajuda de seu chefe Dr. Ravi Chakrabarti e do Detective Clive Babineaux, ela irá ajudar o povo de Seattle, entender sua nova condição, descobrir como foi transformada num zombie, e lutar contra uma ameaça em ascensão (...)".

Basicamente é este o plot da série. As minhas espectativas: mais uma série de zombies de domingo à tarde. Tinha aquela pontinha de esperança que fizessem algo onde explicam de onde o surto surgiu (a origem do "vírus" por assim dizer), mas não, pelo menos para já... Foi sim uma banhada no sentido em que os zombie neste série conseguem-se comportar como pessoas normais e levar uma vida normal, desde que ingiram cérebros como refeição. Melhor, ao comerem os cérebros, os zombies têm visões dos "donos dos cérebros" e, assim, a personagem principal consegue ajudar um detetive em casos policiais... Rebuscado? Sim, também me pareceu. Quando achas que o mundo "zombie" não pode ir mais além do que o que conhecemos...pumba!
Conclusão, vi os episódios todos que havia para ver (também, ainda só vai a 2/3 da 2ª temporada...). Vi pois, apesar de não ser o tipo de série que estava à espera, tornou-se numa espécie de comédia cheia de peripécias numa série que, no fundo, não faz sentido nenhum lol É a realidade! Mas pronto, deu para rir um pouco :]

No comments: