Wednesday, December 2, 2015

Update fofinho e direto

Bem, parece que isto agora se tornou em updates esporádicos... Não que seja do meu agrado, mas simplesmente esqueço-me de cá vir... Demasiadas coisas para fazer em equivalência ao demasiado tempo livre que possuo. Uma controvérsia pensam vocês...pois é, também eu.

Bem, então é o seguinte, no passado dia 17 de Novembro foi o 3º Aniversário da Tun'ao Minho e, como não podia deixar de ser, foi o festão! (:


Karaoke mode on! eheh

Continuando em âmbito de tuna, no passado fim de semana (27, 28 e 29 de Novembro) rumámos até Lisboa para o festival Tej&Tunas'97 da Est'es La Tuna Feminina.
Apesar do cansaço e das dores no corpo que ainda persistem, valeu bem a pena! Foi um fim de semana incrível e voltámos de coração cheio, com os prémios de Melhor Tuna, Melhor Instrumental e, sempre bom relembrar, o Prémio Bota a Baixo eheh

Viagem para Lisboa mais animada de sempre
#aculpaédoeununca
#parceirasdofestival





"Ehhhhh macarena!" :D

A bela da serenata à Americs ^^


Tun'ao Minho em palco :')


E, para finalizar, como recordar é viver e como o que está destinado sempre volta, aqui ficam algumas fotos :3

“It is said some lives are linked across time.
Connected by an ancient calling that echoes through the ages.
Destiny.”

24.03.2014 || Batismo da piolha :3
“Se te faz sorrir, é porque te faz bem. Se te faz bem, não deixes escapar."

"Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí.
Pra te ver sorrir, eu posso colorir o céu de outra cor."

Algures por Maio de 2014 ^^

S. João 2014 || "Estás a sentir a levantar?" :p

E pronto, é isto :p Por agora acho que é só. Agora só falta ter novamente voz e começar a preparação para a récita... E começar a estudar!!! :$
Filosofia do "dia": entre a falsidade e a necessidade da prática do mal para com os outros, entre o deixar andar, viver do passado e o não querer seguir em frente, comparando ao facto de que o mundo não pára de girar e, o que tem de ser, tem muita força! Entre destinos cruzados, embrenhados, rasurados, reconstruídos, curados, selados e eternos, e entre quem não suporta a felicidade dos outros, estando os outros bem com a sua própria felicidade e nada mais importa. Entre a necessidade em querer viver a vida de outrem, em vez da própria, e quem quer viver a sua vida sem que outrem meta bedelho. Entre o saber lidar por meio da falsidade, e o não saber lidar por meio da verdade. Entre o ser-se verdadeiro e o "apunhalar pelas costas"... Oh well, podia continuar aqui até amanhã... Mas pronto, como se costuma dizer, entre mortos e feridos, alguém há de escapar! (agora adivinhem quem será...) ;)


See ya! *

No comments: